domingo, 1 de maio de 2011

Equipe do Texto de Garagem


Ana Paula Perissé


É psicoterapeuta (faz formação no Círculo Brasileiro de Psicanálise), também formada em Publicidade pela PUC-Rio. Tem MBA em Marketing pela PUC-Rio, é mestre e doutora em Psicologia Social pela UERJ, com bolsa do CNPq, e fez extensão universitária em "Fine Arts and Science" na Universidade de Illinois. É mãe, carioca, professora, fotógrafa amadora porque é fascinada por estética, tema de sua tese, amiga de uns poucos (nem tão poucos assim, a quem ama enlouquecidamente) e escrevinhadora... e teve uma casa na serra por anos... hoje é "homeless" de mato... mas continua formando letras, palavras, textos e imagens porque precisa viver. Escreve no Recanto das Letras e publica suas fotografias no Flickr e no Portfotolio.



Denise Fernandes


A garagem estava aberta, entrei...Gostei das pessoas, do clima. Já tinha alguns blogs. Se quiser, comece acessando o Céu de Maio e o Alegria e Circo. Depois conheça meus trabalhos como Psicóloga e Taróloga em Denise Psicologia e Mitos e Símbolos Assessoria. Sou autora do livro "Entendendo o Sol" (2015).
Fabio Ramos




Publica seus escritos no Retrato Falso e no Texto de Garagem. Sintetiza pensamentos por meio da poesia.
É autor dos livros "Permita-se" (2013), "Asfalto Quente" (2014), "Míope e Limpinho" (2015) e "Externa" (2016).
Conheça o site pessoal do poeta.                                                                                                                                                                                                                           

Mayanna Velame

Sou um ser humano em constante estado de aprendizagem. Literatura é a minha fuga e o meu descontentamento com a realidade. Gosto de cerveja, rock britânico e futebol. Aprecio dias chuvosos e cinzentos. Amo gatos e não dispenso um bom sono. Mensalmente, escrevo crônicas para o Jornal Comunicação Regional de Aparecida do Norte; além de publicar contos e poemas no Recanto das Letras. Moro em Manaus.


Meriam Lazaro


Escrevo por entretenimento e salvação. Brincar com as letras na internet me entusiasma a perder a vergonha. Assim, aprendo a expressar afeto publicamente, a expor-me nas entrelinhas. Se nem tudo eu revelo, é porque há palavras caprichosas, soltas somente à viva voz. Como dividendo de ouro, neste mundo virtual, encontro amigos tão cativantes, como os que vivem próximos a mim em Porto Alegre. Posso ser encontrada no Texto de Garagem (aos sábados) e no Recanto das Letras.



Nana Yamada

Eu??? Sou 50/50% ou 2 em 1. Já procurei palavras e formas pra explicar quem sou. Mas quem sou eu pra explicar a minha existência? A não ser meu Deus... Tento poetizar quando aquele sentimento único vem me  visitar e, na sua doce presença, crio e traduzo tudo aquilo que sinto e penso. Me encontrei em poesias ou foi a poesia que me encontrou? Escrever é a arte mais bela que um poeta pode criarQuerido leitor, venha se perder no meio das palavras que nos tocam. Vamos eternizar nossos sentimentos por escrito.
Um pouco mais de mim no meu recantinho.
Sou de Nagoya (Japão) e moro em Natal, RN.



Oswaldo Antônio Begiato

Nasci, sob o signo de escorpião, em 26 de outubro do ano de 1953, na cidade de Mombuca, um pequeno encanto no canto interior do Estado de São Paulo. Menor que a cidade só eu mesmo. Ainda pequeno vim para Jundiaí, também São Paulo, Terra da Uva, da qual experimentei o sabor do fruto e jamais a deixei. Nela me fiz advogado sem banca, aposentado sem queixas e onde perambulo até hoje, buscando, perdidas nas sarjetas, as palavras que me usam para escrever poesias; as quais publico sobretudo na internet (além de ter participado com elas de antologias pelo Brasil). Em 1988, publiquei um livro chamado "O Menino". Já em 2016, lancei "Algumas Poesias Miúdas". Hoje posto minhas coisas no Recanto das Letras e em um pequeno blog meu.

Nenhum comentário :

Postar um comentário