quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Terra no buraco

Por Fabio Ramos




seu
avô


só parou


de
avisar


quando morreu:


no
chão
do sítio


(ainda resgatarão)


um baú
que


NO PASSADO


foi
enterrado


pelo
seu
bisavô


(...)


fique
ciente


que o mesmo


inclui
ouro


e pérolas


(...)


seu
pai


(desdenhava)


sendo
assim


o tesouro é vosso


meu
neto


(...)


então pegou


na
enxada


e revirou o solo


como
TATU


num domingo


e
nada
localizou


(...)


outro
dia


(no meio do sonho)


veio
sua
indagação:


onde malocaram a bufunfa
meu velho?


(...)


o
nono
respondeu


com apenas um sorriso

terça-feira, 13 de novembro de 2018

Cordel good

Por Denise Fernandes




Nasci em terras do Brasil

O duro de ser brasileiro

é morar numa colônia

o tempo inteiro

ter a Amazônia

e um litoral faceiro



Ter a língua portuguesa

e preferir o estrangeiro

comprar em Miami

inglês é mais ligeiro

chamar animal de pet

man o homem solteiro



Que chatice ser servo

caça humilhada

se a gente pensa

que vale nada

é covardia a batalha

perdida a espada



No campo e na cidade

se come cheese-salada

a farinha o feijão

valem quase nada

o povo tem saudade

de comida importada



Americano é melhor

em quase tudo

diz a lenda e o Trump

Brasil sem estudo

é trampolim e suor

lucro e escudo



Explorar a terra

destruir a cultura

semear a guerra

dizer que é feiura

nosso jeito e palavra

a falta de estrutura



Life style diz

a nova propaganda

e quem é aprendiz

descobre que manda

o político infeliz

carroça que não anda



Meu amor não é love

é força, raiz e sorte

Não é só quando chove

é mistério e morte

sem estrangeiro é norte

carinho que se move



Meu lar não é home

é pedra, pau e barro

copiar é ser sem nome

ter inveja do carro

da music do dólar

do loiro (oh yes) do sarro



Quero ser minha gramática

bandeira meu som

na minha terra inteira

levar a todos meu tom

sem comparar sem peneira

viver sempre o que é bom!

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

sem muito de quase nada

Por Ana Paula Perissé




                  falta-me de tudo
                  1`falta imensa
                  e quando o dia se esvai
                  faltam-me todas as imagens que me compunham
                  daquela taça ancestral
                  faltam-me estradas
                  de curvas abissais e silêncios de nuvens despencadas
                  nas costas de tuas montanhas
                  falta-me a maciez do limo úmido
                  acariciando com exímia aridez meus poros semi-despertos
                  de um desejo
                  desvarido de si


                  vai é faltando destino
                  a cada deslize de ponteiros

domingo, 11 de novembro de 2018

Lágrima

Por Oswaldo Antônio Begiato




Para eu fazer nascer
uma tristeza
eu preciso
de um caso sério
que me faça pouco caso.


No mais é só reclamo
que o vento espana,
que o tempo esgana.


Dor de amor é dor sem dor.

sábado, 10 de novembro de 2018

Mornidão

Por Meriam Lazaro




A boca da noite
me acolhe num murmúrio.
Eu que sempre fui sol,
desta náusea não me orgulho,
Mas de assombro me revisto,
planto e colho só narciso.
Envergonhado me recolho
quando no espelho vejo a sombra
que se parece comigo.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Amor que desconheço

Por Nana Yamada




O amor que desconheço...
Te quero tanto
Te espero tanto
Te guardo tanto
Por tanto tempo fico imaginando
Como seria me apaixonar por seu sorriso
Fico imaginando tudo aquilo que
Já existe em algum lugar
Vivendo nosso amor
Em busca do nosso amor

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Óleo nas engrenagens

Por Fabio Ramos




Deus
sabe


(a energia)


que
ela


despende:


nesta
idade


CAMINHAR


exige
muito


de suas pernas


(...)


chegou
no
recinto


(e deparou-se)


com
aquilo:


ninguém senta


pois
os
bancos


estão reservados


(...)


além
disso


há senhoras


que
largam


bolsas e roupas


nos
assentos


VAGOS E SOMEM


(...)


ela
até
poderia


(indicar a grosseria)


no
entanto


preferiu o silêncio


(...)


Deus
sabe


que esta filha


não é
de


se queixar