domingo, 21 de outubro de 2018

Diamante

Por Oswaldo Antônio Begiato




Mal sabes que quando, sem exigências
E com a alma cativa, entregas a mim
O corpo nu e cheio de oferecimentos
Transformo-me em diamante e multiplico as estrelas.


A noite se encanta toda.
 Sou dia! Pensa ela.

sábado, 20 de outubro de 2018

Eu só queria acertar

Por Meriam Lazaro




O passo nas mãos de Deus.
Da vida, uma canção,
Estrelada nos olhos seus.


O tempo de aqui sonhar,
Passo a passo vou errante,
Nas vinhas anunciadas
Mãos estendidas aos céus.
De Norte a Sul, a caminhada,
Deus acenou com Sua lira,
Da escolha que me cabe
Vida a enaltecer livre arbítrio.
Uma chama só me escapa: tempo...
Canção que é de regência Eterna!
Estrelada vejo a Terra
Nos infinitos caminhos,
Olhos tênues, vinho sacro,
Seus recônditos sagrados.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Carona

Por Mayanna Velame




Pressa para quê?
Se assim, tu fores...
Sigo na carona
de um cometa
e te encontro numa
estação espacial qualquer.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Queria ter te conhecido antes

Por Nana Yamada




Queria ter te conhecido antes,
Antes que o nosso encontro se tornasse uma amizade
Nem sequer experimentei o gosto dos seus beijos
Na vontade fiquei, na vontade fico


Queria ter te conhecido antes,
Antes que os nossos corações pudessem carregar
Mágoas do passado ou incertezas do futuro
Mas, da tua bondade, sempre me lembro


Queria ter te conhecido antes
Podendo, assim, dividir mais momentos
Momentos de alegria e riso
É tudo o que você compartilhou comigo


Queria ter te conhecido antes
Porque você despertou algo
E quem sabe, nessas voltas que o mundo dá,
A gente possa ficar junto…

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Sequelado

Por Fabio Ramos




(o irmão)


da
moça


(o professor)


de
javanês


(e o melhor amigo)


do
Renato


são a mesma pessoa


em frente
ao


ESPELHO


(...)


mas
ele


(bateu a cabeça)


no
acidente


e brotaram indagações:


quem é o
irmão
da


moça?


(...)


onde
conseguiremos


um
professor
de
javanês?


(...)


quem é o Renato?


(...)


e esse
cara


dentro do espelho?

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Especialistas? Vão plantar batatas!

Por Maurício Perez



A imprensa tem usado com muita frequência "especialistas" para julgar comportamentos. Logo após a manchete, costuma vir: "Especialistas criticam..."; "Especialistas apoiam...". Em geral, a opinião dos especialistas vai de encontro ao politicamente correto. Por isso "especialistas apoiam a descriminalização das drogas" e "especialistas criticam colégios que separam meninos e meninas". Mas o que é um especialista?


Quando temos um problema de saúde e ouvimos um médico especialista sugerir uma cirurgia, vamos atrás de outra opinião. Se dois especialistas concordam, é razoável seguir esse conselho. Se temos um problema estrutural na nossa casa, confiamos na opinião de dois engenheiros civis especializados em estruturas. Mas quando o assunto é na área de humanas, a situação se inverte.


Quando especialistas em cinema criticam muito um filme, pode ir que será bom. Será um filmaço. Quando um consultor recomenda mudar a gestão da empresa, seu Manoel (dono da fábrica que dá lucro há 30 anos) manda ele plantar batatas. Quando uma psicóloga fala sobre adolescentes e sexualidade, dona Maria (que cuida dos filhos da própria psicóloga e sabe criar os seus) manda ela plantar batatas. Quando a pedagoga diz que não precisa decorar a tabuada, dona Maria manda ela plantar batatas.


As pessoas têm sentido comum. Uma pessoa que trabalha, se sustenta e cuida dos filhos, mesmo analfabeta e ignorante, tem um enorme sentido comum. Percebe o que funciona e o que não funciona. Não são tontos. Por outro lado, o especialista muitas vezes se aferra a ideologias que circulam na universidade, amparado em estudos distorcidos, alheios à realidade da vida. Por isso, seu Manoel e dona Maria não têm o menor reparo em ouvir o conselho desses especialistas e dizer: "Vossemecê pode ter diploma, mas não sabe criar filhos. Vossemecê pode ir plantar batatas!".


Ao transformar especialistas em instrumentos do politicamente correto, a imprensa está dando um tiro no pé. Perde credibilidade. "Dotô, a gente é inguinorante, mas num é besta, não!".

É autor do blog Correio Chegou.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

imperativo ..

Por Ana Paula Perissé




                                            vista-me de cheiros
                                            quando ainda houver
                                            luz


                                            ou dispa-me ofegante
                                            com torpor
                                            de fava tonka


                                            amiúde.


                                            pois delicioso amargo
                                            que se desmancha
                                            em líquido rarefeito
                                            é gozo.


                                            (turva-me
                                            nu´umbral
                                            de 1 ´sonho
                                            só.)

domingo, 14 de outubro de 2018