terça-feira, 13 de novembro de 2018

Cordel good

Por Denise Fernandes




Nasci em terras do Brasil

O duro de ser brasileiro

é morar numa colônia

o tempo inteiro

ter a Amazônia

e um litoral faceiro



Ter a língua portuguesa

e preferir o estrangeiro

comprar em Miami

inglês é mais ligeiro

chamar animal de pet

man o homem solteiro



Que chatice ser servo

caça humilhada

se a gente pensa

que vale nada

é covardia a batalha

perdida a espada



No campo e na cidade

se come cheese-salada

a farinha o feijão

valem quase nada

o povo tem saudade

de comida importada



Americano é melhor

em quase tudo

diz a lenda e o Trump

Brasil sem estudo

é trampolim e suor

lucro e escudo



Explorar a terra

destruir a cultura

semear a guerra

dizer que é feiura

nosso jeito e palavra

a falta de estrutura



Life style diz

a nova propaganda

e quem é aprendiz

descobre que manda

o político infeliz

carroça que não anda



Meu amor não é love

é força, raiz e sorte

Não é só quando chove

é mistério e morte

sem estrangeiro é norte

carinho que se move



Meu lar não é home

é pedra, pau e barro

copiar é ser sem nome

ter inveja do carro

da music do dólar

do loiro (oh yes) do sarro



Quero ser minha gramática

bandeira meu som

na minha terra inteira

levar a todos meu tom

sem comparar sem peneira

viver sempre o que é bom!

Nenhum comentário :

Postar um comentário