quarta-feira, 13 de novembro de 2019

Nem aí

Por Fabio Ramos




outro
sol


DE PARTIDA


outra
lua


EM TROCA


*imune às suas paixões:
se você grita


ou
se
você
EMUDECE


realmente independe


(...)


outro
céu


À NOITE


outra
luz
(AMANHÃ)


*ao largo da tua aflição:


se
você


CORRE AGORA


ou
se
você


MORRE AGORA


isso
não
importa


ao vento que sopra

terça-feira, 12 de novembro de 2019

Carma

Por Denise Fernandes




carma suave

o fardo me conduz

seu eixo é amor

o destino me emociona

ainda sou livre

mesmo me desconhecendo



meu carma abre portas

traduz meu naufrágio

escreve fronteiras

sussurra respostas

feito um mar

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

saturno

Por Ana Paula Perissé




                                  quando
                                  eu não mais ver
                                  as estrelas
                                  claras no céu


                                  ( de ontem ou de sempre)


                                  tampouco
                                  sentir o aroma
                                  da Dama da Noite
                                  a embriagar viventes


                                  de pálidas tendências a tecer
                                  encantamentos


                                  é porque
                                  deixei de lado
                                  a melancolia ardente
                                  de meus lábios
                                  cerrados nos teus
                                  e a teus pés, Saturno!


                                  outra vez
                                  minhas células incensadas
                                  não compartilham
                                  a distância
                                  da ausência de nós.


                                  Mutações crescentes
                                  de desejos cindidos
                                  por vontade alheia de mim


                                  a dor só é minha
                                  sem o rubor da tua pele


                                  ( meu olhar estremecido de vida)

domingo, 10 de novembro de 2019

Uma rosa rosa de nome Rosa

Por Oswaldo Antônio Begiato




a primavera
no ventre
gera
uma rosa
rosa
de nome Rosa


rosa é flor,
rosa é cor?


não!
Rosa é meu irremediável amor.

sábado, 9 de novembro de 2019

Esta noite

Por Meriam Lazaro




Esta noite
ansiosa
irei
tua paz
roubar,
depois então
caprichosa,
na pele,
estrelas
deixar.
Serei abrigo
e rosa
nessa crescença
de amar,
até manhã,
orgulhosa,
em teus sonhos
despertar...

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Menos

Por Fabio Ramos




quem muito fala


muito
erra


E DEPOIS?


ERA


(...)


cala-
te
boca


não entra mosca


com
todo


(mundo mudo)


evita-
se


RINHAS


(...)


na
palavra
lançada contra


às
vezes


nem o perdão funciona


(...)


e
sem
remorso


por
ter


as rédeas


do
som


(...)


quem muito silencia


muito
acerta


E TRANSCENDE


a
cada
segundo:


todo mudo no mundo


e
no
lugar

terça-feira, 5 de novembro de 2019

Peso

Por Denise Fernandes




Sinto o grande peso,

carregada

de lembranças de amor

poeira dos anos

longe e perto

você dentro de mim

outro verão se aproxima

se não te esqueço

é porque enlouqueço

estrada no teu corpo

sonho na minha mão

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

água dos amantes

Por Ana Paula Perissé




                                  água das chuvas
                                  água do mar
                                  do sangue
                                  e do leito revolto,


                                  água das lágrimas
                                  das células
                                  do véu de noiva
                                  e das mães pregnantes


                                  água do orvalho
                                  e da neblina
                                  dos lagos e
                                  glaciares


                                  água dos açudes
                                  água de quem vive
                                  ou de quem quer a vida
                                  scintil-la latejante


                                  Água dos amantes
                                  que toma a forma de seus corpos
                                  escorrem
                                  alagando-os de alma
                                  em poças transbordantes.


                                  (água que se
                                  faz água
                                  pelo
                                  fruir de seres
                                  in divinu suspensione)

domingo, 3 de novembro de 2019

Festa

Por Oswaldo Antônio Begiato




Sempre te incomodou
meu fanatismo por futebol,
e eu ser palmeirense inveterado.


Te amargava o coração
eu fumar como um dragão,
e ser boêmio de todas as músicas,
e alcoólatra de todas as dores de cotovelo.


Me corrigi desses vícios todos
e ainda dizes
que não tenho coragem de mudar.


Até poeta me tornei,
dizem alguns incautos.
Não sabem eles que poetas
são cubos com seis lados obscuros
onde os vícios ficam todos fazendo festa?

sábado, 2 de novembro de 2019

Sonho

Por Meriam Lazaro




Tessituras
Sedas bordadas
Fino cetim


Partituras
Noite estrelada
Lírios azuis


Esculturas
Igrejas cheias
Fé querubins


Poesias
Onde estão vivos
Homens gentis


Velhas estampas
Paisagens lindas
Flores sem fim


Amazônias
Matas atlânticas
Floresta green


Passarinhos
Em seus gorjeios
Sorriem pra mim


Animais livres
Em meio à mata
Com curumins


Mas vem o dia
Que o sonho amado
É derramado
Chega ao fim...

sexta-feira, 1 de novembro de 2019